segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Híbrido



Minha mente sempre intriga,
o "de onde vim, pra onde vou".
Talvez aqui respondo-me
pouco do híbrido que sou:

Não saber dizer se é falso
nem sempre implica realidade!
Pois, sei, não sou total mentira,
mas como ser, em parte, verdade?