sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Solidão

Solidão não é como dizem,
não menos que seu pendor.
Se hoje tornei-me guerreiro
protejo de todo torpor
os sonhos que tenho em meio
a tudo o que me trouxe cor.
Por isso, pareço vazio,
distante de um outro alvor
e sei que é difícil ver sol
em meu olhar depressor,
mas sei também como lei
da vida de um omissor:
jamais estarei sozinho
mesmo sendo gladiador,
pois quando sou a espada
também posso ser a dor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário