quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Olhos Fechados

Você consegue ver a minha mão tocando a sua ou meu olhar esbarrar o teu, quando está de olhos fechados? Você consegue ouvir a minha voz ecoar ao vento ou os pássaros daquele parque, quando está de olhos fechados? Pense em um momento em que sua vida era completa, a família, os amigos, o amor. Pense no ambiente que te rodeava, nas frases ditas, algumas doces, outras bravas. Pense nas piadas, nas risadas, nas mãos diversas movimentando-se por sobre a mesa do carteado. Pense na pessoa mais perfeita da sua vida. Agora feche os olhos.

Você consegue sentir as nossas almas no espaço, os nossos sonhos ao acaso, quando está de olhos fechados? Você pode entender a razão pela qual somos nós os escolhidos pelo destino quando está de olhos fechados? Pense em como seria o dia mais feliz de sua existência. Pense na situação em que tudo se daria, nos motivos que você teria pra sorrir. Pense num lugar onde você se sentiria em segurança. Em um lugar onde o que é feio pode se tornar lindo. Pense como você faria para construir esse lugar... usaria mel ou chocolate? Pense na pessoa com quem você gostaria de compartilhar essa vida. Mantenha um pouco os olhos fechados.

Você consegue ver o meu sorriso aleatório, meu cabelo bagunçado de manhã, quando está de olhos fechados? O meu lado do colchão está vazio... estamos os dois no seu lado, consegue ver? Você consegue medir o impossível, contar o infinito e segurar o universo, quando está de olhos fechados?

Eu consigo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário